Pular para o conteúdo
Voltar

Adição de Categoria

Adição de Categoria



Este processo permite ao condutor habilitado na categoria B, C, D ou E adicionar a categoria A. Ou ainda o condutor que possui CNH de categoria A e deseja adicionar a categoria B.

 

DISPONÍVEL NAS UNIDADES:

- Sede DETRAN-MT;

- CIRETRANs;

- Núcleo de Atendimento Galeria Itália Center;

- Núcleo de Atendimento Goiabeiras;

- Núcleo de Atendimento Shopping Estação Cuiabá;

- Ganha Tempo Várzea Grande;

- Agência VIP Sinop;

- Agência VIP Sorriso.

 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS (CÓPIA E ORIGINAL):

- Documento de identidade atualizado e em perfeito estado;

- Cadastro de Pessoa Física (CPF);

- Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou Boletim de ocorrência ou Declaração de extravio;

- Comprovante de endereço ou declaração de endereço.

 

VALORES:

Adição de Categoria R$ 174,66
Exame de Aptidão Física e Mental R$ 98,65
Recebimento da CNH pelos Correios (opcional) R$ 22,69
Avaliação Psicológica (em caso de atividade remunerada) R$ 127,88
Reexame Prático de Direção Veicular (em caso de reprovação) R$ 40,34
Condutores de outra Unidade da Federação R$ 77,03

 

PRAZOS:

- 10 dias no Detran/ Sede;

- 10 dias quando solicitado o envio pelo correio;

- 15 dias nas CIRETRANs e núcleos de atendimento.

 

PROCEDIMENTOS:

- Providencie documentos originais e fotocópias simples;

- Vá a um dos postos de atendimento do DETRAN-MT;

- Pague a taxa de Adição de Categoria - emitida na abertura do processo;

- Realize a captura de imagem, coleta biométrica e assinatura. Nos municípios que não possuem processo de captura de imagem deve ser apresentada uma foto 3X4, além de assinatura no formulário RENACH;

- Condutor com atividade remunerada deve submeter-se a avaliação psicológica (psicotécnico);

- Submeter-se a exame de aptidão física e mental (exame médico).

- Nas categorias “C”, “D” e “E” é exigido o exame toxicológico de larga janela de detecção, preliminarmente, à realização do exame médico, conforme Resolução 691 do Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN, de 27 de setembro de 2017;

- Em um Centro de Formação de Condutores (autoescola) solicite licença de aprendizagem e realize as aulas de Prática de Direção Veicular. São obrigatórias 15 h/aula para a adição de categoria “B” e 15 h/aula para adição de categoria “A”;

- Realizar a Prova de Direção Veicular na Sede do DETRAN-MT ou CIRETRAN responsável pela circunscrição do seu município, conforme calendário da banca examinadora. Caso o candidato falte deverá realizar o pagamento de taxa de reexame de teste prático para agendar um novo exame. Em caso de reprovação, deverá ser realizado pagamento de taxa de reexame de teste prático;

- Caso o condutor desista da adição da categoria, basta assinar a declaração de desistência de categoria e anexar ao seu processo de habilitação. Caso seja aprovado no exame prático, o laudo deverá ser anexado ao processo e o condutor ou centro de formação de condutor que o representa deverá protocolizar o processo no posto de atendimento onde foi aberto o processo;

- Retornar dentro do prazo estabelecido para retirar a Habilitação ou aguarde o recebimento via correio.

 

OBSERVAÇÕES:

- São aceitos como documento de identidade: Carteira de Identidade, Passaporte, Carteira emitida por Conselhos Profissionais Superiores (Lei nº 6.206/75), Polícias Civil, Militar e Federal, exceto Reservista. Os documentos devem, obrigatoriamente, conter filiação, data e local de nascimento.

- Ausência do cartão do CPF ou inexistência da numeração no documento de identificação deverá ser emitido o Comprovante de situação cadastral da Receita Federal

- O boletim de ocorrência poderá ser feito através do site da Delegacia Virtual do Estado de Mato Grosso.  

- Comprovante de residência em nome do condutor, pais, familiares que tenham o mesmo sobrenome, dos últimos 90 dias.

- Validade do exame toxicológico é de 90 dias, conforme disposto §1º do artigo 1ª da Resolução 843 do Conselho Nacional de Trânsito - CONTRAN,  de 09 de abril de 2021.

 

IMPORTANTE:

- Os condutores habilitados nas categorias “B”, “C”, “D” ou “E” poderão requerer adição da categoria “A” ou “ACC”. E os condutores habilitados na categoria “A” ou “ACC” poderão requerer somente adição da categoria “B”.

- A transferência é feita via sistema, que poderá ocorrer no mesmo dia da solicitação ou meses depois, dependendo da situação do condutor no Estado de origem (pontos, infrações de trânsito, débitos e outros), será incluído o valor de transferência de outra UF no valor de R$ 77,03.

 

DEVIDO À PARTICULARIDADE DE CADA SERVIÇO, DURANTE O ATENDIMENTO, PODERÃO SER SOLICITADOS OUTROS DOCUMENTOS E OS VALORES PODERÃO SOFRER VARIAÇÕES.

 



Habilitação
Todos os Serviços