Pular para o conteúdo
Voltar

Aumento no número de examinadores diminui tempo de espera para prova prática

Número de municípios com banca fixa de examinadores passou de quatro para 27
Lidiana Cuiabano | Detran-MT

Prova prática de direção - Foto por: Carolina Alonso/Detran-MT
Prova prática de direção
A | A

Com a capacitação de 110 servidores no 1° Curso de Examinadores de Trânsito no formato de Ensino a Distância, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) aumentou a composição de banca fixa para aplicação de prova prática de direção em 675%, saltando de quatro para 27 municípios que terão atendimento mais célere e contínuo na realização dos exames práticos de direção.

Esse incremento vai alcançar a população de pelo menos 50 cidades que muitas vezes esperavam até três meses para a chegada da banca examinadora, que se deslocava de Cuiabá para a realização das provas práticas no interior.

No mês de outubro, o Detran-MT retomou a aplicação das provas práticas para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e mudança de categoria, que estavam suspensas desde março deste ano, quando houve o agravamento do contágio do novo coronavírus em Mato Grosso. 

Os 110 servidores capacitados estão ajudando na aplicação dos exames de direção nas cidades do interior com supervisão da banca examinadora de Cuiabá. A intenção é que até março de 2021 o Detran atenda toda a demanda represada de exames práticos no Estado.

A presidente da Associação dos Centros de Formação de Condutores (CFCs) da região Norte de Mato Grosso, Sandra Denise Goulart, disse que o aumento das bancas fixas vai contribuir muito para o processo de habilitação em todo Estado.

“Somente na região Norte diversos municípios terão aumento na realização dos exames práticos de direção com a composição das bancas fixas. A tendência é que o processo seja mais rápido e concluído em um prazo menor. Até então, os alunos que precisam fazer sua primeira habilitação ou mudança de categoria aguardavam em torno de 60 dias por uma banca volante aqui na região. E agora, com a composição das bancas fixas, teremos aplicação de provas até diariamente, conforme a demanda de cada Ciretran”, falou Sandra.

O reforço da banca examinadora faz parte do projeto de melhoria do Detran-MT na formação de condutores no Estado, proporcionando maior autonomia ao interior com a descentralização do serviço.

“Queremos facilitar a vida do cidadão do interior para que não precise mais ficar aguardando por tanto tempo o deslocamento da banca examinadora de Cuiabá até a sua cidade. Dessa forma proporcionamos maior agilidade na etapa final para a obtenção da CNH”, ressaltou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.  





Editorias