Pular para o conteúdo
Voltar

Detran-MT abre visitação aos 1.217 veículos do último leilão do ano

Os interessados podem comparecer aos pátios das Ciretrans das 8h às 12h, nos dias 07 e 08 de novembro (quinta-feira e sexta-feira)
Assessoria | Detran-MT

Entre os veículos disponíveis para arremate estão motocicletas, automóveis, caminhonetes e ciclomotores - Foto por: Detran-MT
Entre os veículos disponíveis para arremate estão motocicletas, automóveis, caminhonetes e ciclomotores
A | A

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) abre nesta quinta-feira (07.11) os pátios das Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) dos municípios de Jaciara, Dom Aquino, Pedra Preta, Guiratinga, Paranatinga, Alto Garças, Chapada dos Guimarães, Campo Verde, Primavera do Leste, Poconé, Guarantã do Norte, Terra Nova do Norte, Colíder, Peixoto de Azevedo, Alta Floresta, Juína, Juara, Colniza e Porto dos Gaúchos para a visitação dos 1.217 veículos do 6º leilão realizado pela autarquia este ano.

Os interessados podem conferir as condições dos veículos nesta quinta e sexta-feira (07 e 08.11), das 8h às 12h. Este é o último e maior leilão realizado pelo Detran-MT em 2019.

Entre os veículos disponíveis para arremate estão motocicletas, automóveis, caminhonetes e ciclomotores que foram apreendidos e estão há mais de 60 dias nos pátios dos municípios.

Os interessados devem se cadastrar no site da leiloeira  (www.brbid.com)  e encaminhar cópias digitalizadas dos documentos em até 48 horas antes do encerramento do leilão. 

Os lances, totalmente eletrônicos, também devem ser realizados pelo site da empresa leiloeira até o dia 12 de novembro de 2019 às 9h (horário local). 

Segundo o diretor de Veículos do Detran-MT, Augusto Cordeiro, é importante que o interessado visite os lotes. “As fotos no site da leiloeira são meramente ilustrativas, por isso é importante que o interessado em determinado lote confira a situação do veículo antes do lance”.

Para arrematar o veículo o interessado deverá pagar a comissão de 5% do valor do bem arrematado para a leiloeira e, em até quatro dias úteis, pagar o valor total do veículo arrematado por Documento de Arrecadação (DAR) mais o valor do ICMS para a Secretaria de Fazenda (Sefaz).

Os lances serão pagos à vista, bem como os 5% do valor do bem que são destinados ao leiloeiro. O arrematante será responsável pelo valor referente à transferência do veículo. De acordo com o edital, uma vez aceito o lance, não se admitirá a desistência, sob pena de responsabilização penal nos termos da Lei nº 8.666/93, e de perder qualquer valor já pago em relação ao lote.

O presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos, destaca que, com o sexto e último certame do ano, a autarquia alcança a meta de leiloar mais de 4 mil veículos, com arrecadação líquida aproximada de R$ 8,6 milhões.

“A atual gestão cumpre dessa forma o compromisso de realização de um leilão a cada dois meses, superando o ano de 2018, quando foram leiloados 283 veículos”, falou.





Editorias