Pular para o conteúdo
Voltar

Duas pessoas foram presas durante operação Lei Seca em Várzea Grande

A ação aconteceu no bairro Manga. Ao todo, foram realizados 151 testes de alcoolemia
Hérica Teixeira | Sesp-MT

- Foto por: Batalhão de Trânsito da PM-MT
A | A

Dois motoristas foram presos por embriaguez ao volante durante a 26º edição da Operação Lei Seca, realizada na noite desta quarta-feira (07.08), em Várzea Grande. A ação começou às 21h e seguiu até às 22h45. No período foram confeccionados 54 Autos de Infração de Trânsito (AITs), nove Carteiras Nacional de Habilitação (CNH) e 30 veículos foram recolhidos e 151 testes de alcoolemia realizados.

A ação repressiva ocorreu na avenida 31 de março, no bairro Manga. Do total de Autos de infração, seis foram pelo artigo 165 (dirigir sob influência de álcool), um pelo artigo 165-A (recusa a ser submetido ao teste de alcoolemia) e 21 pelo artigo 230,V (veículo com irregularidades documentais). Todos os AITs são aplicados com base na Lei Nº 9.503, do Código Brasileiro de Trânsito.

A Operação Lei Seca é realizada de forma integrada e coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI-E) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Nesta edição, participaram representantes das Polícias Militar (PM-MT), Civil (PJC-MT) e Rodoviária Federal (PRF), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob), e Sistema Penitenciário de Mato Grosso (Sispen).

Legislação

A multa para o motorista que é flagrado dirigindo sob efeito alcoólico é de R$ 2.934,70. No momento do teste do bafômetro, o condutor que tiver índice de álcool no sangue superior a 0,33 miligramas por litro de ar expelido será preso, pagará multa, terá a CNH suspensa e responderá por crime.

Quando a quantidade de álcool for abaixo de 0,33mg/l, o condutor é autuado, tem a CNH retida e paga multa.





Editorias